básico da equalização

eu também quero mais graves, médios e agudos. entenda em que parte do espectro o timbre deve ficar. primeiro filtre o excesso de super agudo e sub grave. tudo o que não for necessário e que atrapalha sons graves como baixo e bumbo ou super agudos como hats. além disso veja em quais frequências ele bate melhor. use um equalizador paramétrico como o fabfilter pro q, escolha uma banda, aumente alguns dBs e procure uma frequência que deixe teu som mais brabo. repita o processo em mais algumas bandas do eq e chegue lá. sempre compare com ou sem o eq e não se deixe enganar se o eq der mais volume. ajuste a diferença de volume pra entender se o eq está deixando o som melhor ou pior.

 

básico da compressão

eu realmente aprendi a usar compressor quando deixei de pensar somente nas técnicas e passei a atuar como se fosse um pedal de guitarra pro som ficar sinistro. eu diria que a compressão seria o equivalente do uso do sal e da pimenta na comida. ou do alho e da cebola ao se cozinhar. comece com ataque lento e release rápido, ratio básico de 4.1 e divirta-se.

 

básico do estéreo

eu penso da seguinte maneira: no centro o principal. e todo o restante orbita.

 

básico de reverbs e delays

delays podem ser reverbs. que o digam john lennon e nosso querido falecido roy cicala. distorções podem ser reverbs. mas reverbs tb são lindos. eu adoro plates. estamos num momento que os sons são um pouco mais na cara, chapados. menos profundos.

 

básico da 808

eu penso assim: não toque no som de bumbo da 808.

 

básico da produção de voz

não desista até ter uma interpretação que realmente faça a diferença. um microfone maravilhoso é claro que é maravilhoso. mas às vezes um shure sm58 é o ouro.

 

básico da rotina no estúdio

tudo pela música. o resto importa? sim mas não mais que a idéia musical.